O Ritual e a fotografia

Atualizado: 11 de Out de 2020

Não sou fotografa. Sou amante desta arte que me chamou. A fotografia é um ritual para mim. Quando pego na câmara desligo e conecto-me com outros espaços não visíveis. Talvez veja o que mais ninguém consegue ver. Talvez nunca ninguém o veja. Mas é esta relação que se cria entre o meu coração e o coração do mundo que me rodeia que eu procuro. Procuro-me nele. Procuro fotografar a beleza que trago dentro de mim. Talvez me procure fotografar. Nos espaços que existem fora de mim...onde estou? Onde estamos?


"Ritual is a tool to focus our attention on meaning; we can develop this skill to ehance each moment of our lives. To be truly present in our own lives is an ability we must develop to continue building a foundation of relatedness and beauty in a world that can seem so divided and in pain."


Beck and Metrick


Talvez me procure expandir através dela. Ver-me através da natureza, das pessoas e principalmente das emoções que vivo quando o faço. Tento retratar a beleza e o amor que existem, mesmo e principalmente nos espaços que a maior parte das pessoas não vê, que lhes passa ao lado, porque o olhar não está treinado para ver e sentir o potencial que lá existe e sempre existiu. Amo retratar natureza morta. O potencial de transformação, amor e beleza é gigante. Ensina-me tanto. Espero que um dia mais pessoas o consigam ver. Na natureza e na nossa natureza humana. Que a fotografia, ou outra arte, nos expanda a visão e o coração.


Ana Catarina

23 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo